20 de junho de 2015

Words | O espelho


Pela primeira vez no blog, tenho a coragem de vos expor algo que faz parte de mim, e pela qual eu me apaixono vezes e vezes sem conta. A escrita. 

Não deve ser novidade para muitos, ou talvez até seja, que eu estou num processo de escrita e que pretendo, se tudo correr bem, terminar e presentear-vos com um livro meu. Enquanto esse processo não terminar, e enquanto a minha imaginação e criatividade tiver asas para voar, e, e só e, se isto vos agradar, eu esporadicamente irei publicar aqui os meus textos. 

Espero encontrar vários com a mesma paixão pela escrita como eu, ou que simplesmente adorem ler o que os cérebros alheios são capazes de criar. Como tal, presenteio-vos com "O Espelho" um texto pequeníssimo mas que a meu ver encorajador e inspirador. Escrito sem descrever ninguém em especial, mas que de certa forma toca qualquer um que tenha a força de o terminar. Será demais pedir a vossa opinião sobre o mesmo? Por favor, sintam-se a vontade de avaliar o que vos vier a mente de avaliar. 

Prosseguiremos...


O Espelho

Um espelho, um corpo, um ser, uma brisa e um suspiro. É tudo no que me consigo concentrar de momento. Pele imaculada, ou assim lhe chamam. Cabelos longos, ondulados, cor…avelã, talvez, ou talvez seja mesmo só castanho e eu é que tenho a ideia de querer chamar-lhe algo mais.
Mais um suspiro, mais uma vez a minha caixa torácica enche e esvazia de forma dramática. Ondas caem delicadamente sobre o meio seio esquerdo a medida que a minha cabeça se inclina. Um olhar, um leve toque dos meus dedos sobre o seu próprio reflexo.  
Ideias correm, ideias vem, ideias vão. A mão que outrora tocava o seu próprio reflexo, cai de forma brusca sobre a minha coxa. Mais um suspiro, mais uns minutos angustiantes a imaginar e relembrar o que me dizem. Coisas positivas, negativas, encorajadoras, outras, bem, outras deixo escapar da minha memória.
Esta sou eu. Eu. Um ser humano como tantos outros que existem. Todos iguais, e todos tão diferentes.
Levanto a cabeça, o cabelo percorre o caminho de volta por cima do meu seio. Olho-me fixamente. Serei suficiente? Mas suficiente para que? Para quem? Para mim mesma? Os cantos dos meus lábios sobem delicada e lentamente, que ideia estapafúrdia de se pensar. Com um sorriso malandro nos lábios, levo as mãos ao meu rosto e toco levemente. Pele. Sinto a minha própria pele. E agora? Agora estou aqui a avaliar-me  a mim mesma através do que os outros me dizem? Deixo a minha cabeça sacudir-se enquanto me rio, talvez não de mim mesma, mas de todos aqueles que de uma forma ou de outra me tentaram derrubar. Sim, sou suficiente, qualquer um é. A sua maneira, com o seu corpo, com a sua mente, com as suas ideias. Mas são suficientes.
E mesmo assim encontro-me nua a frente de um espelho. Arregalo os olhos, mexo as sobrancelhas, aproximo-me do espelho, ainda mais, e mais. O meu nariz encosta-se ao mesmo.

“Sou eu! Eu mesma, e permanecerei eu mesmo durante muito tempo, quer gostem quer não. Sou suficiente como ainda sou melhor do que aquilo que esperam de mim!”

Digo com uma voz o quanto sensual enquanto beijo o meu próprio reflexo e lentamente me afasto.

Com roupas frescas e cheirosas me despeço do meu passado e com um olhar matreiro saio porta fora para um futuro desconhecido mas pronto a ser descoberto.

Se sou suficiente? Sou mais que isso. E tu? Do que esperas por te amar e ver o quanto vales, não para os outros, mas para ti mesma.

Sim, tu. Tu que tiveste a louca ideia de ler este texto até ao fim. Sim, tu, que és valiosa e única.
Sim, tu és mais do que pensas!
Sim, tu!

7 comentários

  1. Tens imenso jeito, continua a escrever

    ResponderEliminar
  2. aquele momento em que leio isto á Quim Roscas xD

    Adoro os teus textos girl, mas sabes que pra ler, salta o Quim cá pra fora xD
    LY <3

    ResponderEliminar
  3. Gostei muito do teu blog!
    Se puderes vista o meu e se gostares segue...se seguires deixa comentário :)
    Beijinhos

    http://beautifullsecrets.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Sónia, espero que sigas mais esse sonho e que sejas bem sucedida! Entretanto espero ler mais textos teus por aqui :)

    Aproveito para te convidar a conhecer o meu mais recente "projecto" no DreamCate - http://dreamcate.blogspot.pt/search/label/Ideias%20%28mais%20ou%20menos%29%20descabidas

    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. Olá, passei-te este desafio: http://tanialisting.blogspot.com/2015/06/tag-confessions-of-bibliophile.html
    Como é relacionado com escrita acho que vai gostar! :)

    ResponderEliminar

↠Comenta à vontade deixando a tua opinião. Eu terei todo o gosto em ler e responder aos teus comentários aqui no blog.
↠ Deixa o link do teu blog para que eu te possa seguir e dar a minha opinião nos teus posts.

↠Comentários desrespeitadores serão automaticamente removidos.

↠A tua visita no meu Blog é extremamente importante para mim, obrigada desde já por estares aqui! ♡

Latest Instagrams

© Sónia David. Design by Fearne.