10 de novembro de 2014

Life | Depressão, blog e a força de seguir em frente

Hoje posso mesmo dizer que o post é super diferente do que se encontra normalmente aqui pelo blog,  e pela primeira vez tive a coragem de arregaçar as mangas e falar de algo tão pessoal, que infelizmente afecta demasiadas pessoas. A chamada doença do século XXI, aquilo que nos prende o corpo e nos mata por dentro, sim, eu também tive depressão, e confesso que ainda hoje luto por controlar os meus próprios demónios. E acreditem que nem sempre é assim tão simples. 



Posso dizer que passei grande parte da minha vida a lutar contra os meus próprios demónios. A minha depressão foi mais notória depois de o meu Pai falecer nos meus braços em 2005. Esta parte da minha história, a maioria dos meus seguidores já conhece, fui abaixo a pique. Eu era uma adolescente mimada que não via limites em nada. Até me encontrar cercada num espaço negro, frio, e naquele momento, sem escapatória possível. 

Todas as idas aos psicólogos, ou lhes mentia, ou não falava. A ideia de falar com estranhos, ou com humanos em geral, assustava-me até ao miolo dos meus ossos. Durante anos lutei contra mim mesma, contra todos que não percebiam o real porquê de eu ter sido a pessoa que fui. De omitir tudo de todos, de usar todos e os demais objectos para abrir cortes em mim, acreditem que naquela altura, doía muito mais o que eu sentia por dentro, do que a ferida que tinha acabado de abrir em mim mesma. Eu via os cortes como uma forma de libertar o stress, e chamar a atenção das pessoas. Porque apesar de eu ter rejeitado ajuda umas seis vezes, de eu ter rejeitado a maioria das pessoas, eu também sou um ser humana que tem a necessidade de se integrar e de ter relações inter-pessoais, se as fiz da melhor maneira? Podem ter a certeza que não. 

Em 2009 desisti em Janeiro da escola, não aguentava mais aquele ambiente, e pior, não me aguentava mais a mim mesma. Em Março do mesmo ano inscrevi-me numa outra escola, numa outra cidade. Novos ares, novas pessoas, novos riscos, iriam fazer bem. E fizeram! Cresci imenso, em todos os aspectos. Mas quando terminei a escola em 2012 e não tive poder monetário suficiente na altura para seguir estudos universitários, cai novamente numa depressão. Não por não seguir para a faculdade, mas sim por o desemprego me ter abraçado.

Criei o Blog em 2012, com outro nome, na altura era o Pinkie Glamour, depois foi o Beauty in a Box e finalmente é o que todos conhecem. Comecei o Blog e o YouTube para dar a conhecer a todos o que eu adoro fazer, e progredir no mundo da maquilhagem e dos blogs com vocês, e a verdade é que foi a melhor opção da minha vida. Sem o Blog não teria conhecido a minha melhor amiga, que tanto me atura, a Joana e aposto que conhecem o seu magnífico trabalho no The Paper and Ink. Conheci pessoas fantásticas mas do que vos quero mesmo falar e dar esperança, é que, apesar de a depressão nos consumir duma maneira louca, há esperança. As coisas melhoram, nós temos que ter a nossa própria força e lutar pelo que mais ambicionamos. Sim, tenho as melhores amigas do mundo! Tenho duas e tenho bastante orgulho nelas! Obrigada Márcia e Joana!

É difícil, acreditem que é. É uma luta infinita contra um número incalculável de demónios contra nós mesmos, mas se eu consegui lutar contra os meus, mesmo que hoje em dia haja um dia menos feliz que o outro, nada é comparável com o que passei. Acreditem em vocês mesmos antes de acreditarem nos outros. Só vocês vêem, só vocês sentem, e a batalha é vossa. Mas não precisam de a batalhar sozinha, acreditem que não estão sós. E com o meu post meio confuso, só quero dar força a quem batalha diariamente contra os seus demónios em segredos, pois como eu, há mais! Força, e não se esqueçam, cada um de vocês é único, e é essa beleza linda e única que conta. Sorriam e não deixem que as pedras dos demónios e dos outros vos derrubem. O que precisarem, sabem como me contactar. 

Desculpem o post massivo, mas as vezes um texto com força faz a diferença, e espero que o meu faça algum boa diferença! 

Beijinhos cheios de força.


13 comentários

  1. Também já estive com uma depressão e sei bem o que passaste... é a doença pior que já tive até hoje... e ainda me aterroriza, as vezes só de falar e de me lembrar fico logo com receio...

    Foi um episódio triste da minha vida mas espero que nunca mais lhe ponha a vista em cima, apesar de depois ter deixado algumas sequelas a nível de humor.

    Agora é olhar para a frente e continua a fazer o excelente trabalho como blogger <3

    Beijinhos
    http://beatrueprincess.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Tudo graças ao blog, for you and me,bb!
    És uma mulher valente, cheia de garra e coragem, cheia de tudo o que um ser humano deve ter. Tens força, e todos temos dias maus, fases piores, momentos de desespero, mas conseguiste superar isso, e por isso, és uma das melhores pessoas que já conheci.
    Tenho imenso orgulho em ti,mesmo muito!

    ResponderEliminar
  3. Ainda bem que acabas-te por publicar este post ... Para ser sincera, não consigo imaginar o que é lida essa dor e transtorno, mas és uma mulher gigante e cheia de garra e nota-se que és capaz de qualquer coisa.
    Milhões de força !
    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Infelizmente ou felizmente revejo-me em quase tudo o que escreveste.. Já te falei sobre isso! Acho que fizeste muito bem em falar sobre o assunto, um dia talvez tenha coragem para abordar o assunto... Ainda não tenho... E o lado melhor do blog, além da terapia, do lugar de paz é mesmo as pessoas fantásticas que conhecemos!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Fizeste muito bem em escrever o que escreveste. Há muita gente que se pode rever na situação que passaste e ver aqui uma forma encorajadora de dar a volta por cima. Também já tive fazes más na minha vida, mas nada como o que passaste... És uma vencedora por hoje falares sem problemas do que passaste. Não nos escondermos é uma grande virtude. Beijinhos e obrigada por a partilha. http://douradorosa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Participando no sorteio no blog da Cinha!!! Prémios espetaculares!

    ResponderEliminar
  7. Estou a participar no Passatempo Especial de Natal com 10 vencedoras :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Boa tarde, estou a participar no passatempo, não encontro o post deixo aqui... Obrigada!!!

    ResponderEliminar
  9. Então, a je não passou por uma depressão mas tive que cuidar de uma pessoa super próxima que passou... E foi a pior altura da minha vida. Tinha que estar sempre de olhar atento, mal dormia, tinha que tratar de tudo e de ter muito cuidado na maneira como dizia as coisas.
    Foram 6 anos... E ainda são, mas agora felizmente que a pessoa aceitou tudo em si que para ela não estava bem, mas que para mim, estava tudo bem.
    É preciso ter uma força do caraças para lutar contra si próprio e aceitar. Esse teu gigante passo - o de aceitar - foi um progresso enorme. Sim às vezes os demónios assombram, mas agora sopras e ele foge.
    Passei por algo "semelhante" mas foi relativamente à minha disléxia que não a viam como um problema em aprender mas viam em mim. Se quiseres passa por lá.

    Beijinho, força e sopra o bicho que és forte
    *

    ResponderEliminar
  10. Apenas... adoro-te! Como pensei na 1ª vez que soube de ti "Eu quero ser como ela!" Já não quero. Gosto de ti como sou, mas acredita que também teria todo o orgulho de ser como tu. És linda! ^^
    Sorrisos,
    Alexandra :)

    http://thesweetest-life.blogspot.com

    ResponderEliminar
  11. É sempre complicado mas nunca impossivel de sair por cima :)
    Stay Strong, always gurl <3

    ResponderEliminar
  12. eu também já estive assim, infelizmente....
    temos de ser fortes e seguir em frente!
    és lindaaaa!

    beijinhosss

    ResponderEliminar
  13. Querida, não querendo parecer insensível quanto à sua situação, mas penso que deva pronunciar-me um pouco sobre este mal que também assola muito povo.. Agora todo o mundo acha que tem depressão, eu fico um pouco irada com isso, sabe? .. não podemos falar de várias depressões mas sim de recaídas, porque depressão não é algo quantitativo não... e é algo muito sério, viu? Não quero de todo desrespeitar você com este comentário, até porque eu nem estava falando do seu caso de todo, aliás eu pretendo mesmo fazer com que as pessoas tenham só o que eu disse em consideração.. mas vi aqui uma oportunidade de deixar meu comentário. Muita força para você e continue assim como é.
    Até, Rafaella.

    ResponderEliminar

↠Comenta à vontade deixando a tua opinião. Eu terei todo o gosto em ler e responder aos teus comentários aqui no blog.
↠ Deixa o link do teu blog para que eu te possa seguir e dar a minha opinião nos teus posts.

↠Comentários desrespeitadores serão automaticamente removidos.

↠A tua visita no meu Blog é extremamente importante para mim, obrigada desde já por estares aqui! ♡

Latest Instagrams

© Sónia David Make-Up. Design by Fearne.